Firewall em micro e pequenas empresas é besteira?

Praticamente em 100% das reuniões de apresentação da All4Conn que fizemos para clientes, parceiros, etc, fomos questionados sobre o seguinte: Mas esse tal de firewall aí, precisa mesmo? Antes de mais nada, é importante salientar que na estruturação da rede e das garantias que precisam ser oferecidas em termos de tráfego e comunicação, o firewall é o equipamento no topo da lista das prioridades.

Ele é sim um equipamento primordial e de extrema importância numa infraestrutura de rede bem organizada, estruturada e principalmente, SEGURA. A pergunta que fica é: Mas será que isso não é só pra empresa grande? Será que eu, com meu escritório de 5, 10, 15 computadores, preciso me preocupar com isso?

Sim, precisa! Mas calma que vamos explicar um pouco melhor o porquê.

Um firewall, como a tradução literal do nome diz, é uma “parede de fogo”. Trata-se de um equipamento, que pode ser um appliance (equipamento com software embutido), ou também um servidor com um determinado sistema operacional próprio para esta finalidade. Numa estrutura de internet residencial básica, existe um cenário que nós aqui da All4Conn chamamos de cenário “de cara pra rua”. Ou seja, existe a operadora que entrega o sinal da internet que chega através de algum meio para o MODEM. E daí esse equipamento é quem distribui a rede internamente, seja em uma casa, ou numa empresa. A figura abaixo ilustra um pouco sobre como funciona o tráfego nesse cenário.

Quando existe um firewall na estrutura, a operadora entrega o sinal da internet para o modem, do modem as informações vão para o firewall, e só depois do firewall tratar essas informações, é que daí sim a informação vai trafegar na rede interna. O mesmo acontece no sentido inverso, quando algum dispositivo está tentando enviar alguma informação para a internet, o firewall irá tratar esta informação baseado nas configurações que são realizadas no momento da implantação, ou seja, bloqueios ou liberações de determinados endereços, sites, protocolos, etc. Uma estrutura com um firewall, ficaria mais ou menos como a figura abaixo:

Bom, e daí vem a grande questão: Investir numa solução como essa em uma micro e pequena empresa, vale a pena?

Sim, vale a pena. Em primeiro lugar, porque como já ressaltado por nós em outro texto (que se tu não leu, clica AQUI pra ler agora mesmo), as informações de uma empresa precisam ser consideradas como um patrimônio do negócio, ou seja, não é só porque é uma informação virtual ou porque não é um bem físico, que pode passar despercebido o cuidado com segurança que isso precisa ter. Em segundo lugar, um firewall além de fazer todo este filtro nas informações trafegadas, permite que seja realizada uma série de melhorias na rede como por exemplo, a divisão de rede daquilo que é servidor e daquilo que é computador; distribuir os endereços IP de todos os dispositivos conectados na rede da empresa; permitir que acesse a rede da empresa a partir de qualquer lugar, mediante um login e senha criptografados; medir se a operadora está entregando a velocidade que foi contratada, entre outros recursos que são indispensáveis.

A partir de agosto de 2020 entra em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, conhecida como LGPDP. Falaremos desta Lei mais adiante aqui no blog, mas o que já podemos adiantar, é que equipamentos como o firewall serão de extrema importância para garantir princípios básicos de controle e acessos que serão determinados por esta Legislação.

Existem firewalls pagos, gratuitos, appliances, entre outros. Há uma grande discussão entre concorrentes de qual é o melhor, qual o pior, qual o melhor custo benefício, etc. Este ponto, ao nosso ver é uma questão de necessidade e realidade. Nosso princípio é adaptar as soluções que oferecemos de acordo com a demanda que existe, então, nada como um bom diagnóstico preliminar para poder entender qual o cenário que mais se adapta a realidade de cada empresa.

No próximo texto, falaremos sobre mitos e verdades de telefonia VoIP, e garanto que você irá se surpreender como o VoIP está presente na tua vida.

Abraços e até semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *